Nova Hq Online: Royal Straight Flush and blood

Dealhe - Royal Straight Flush and blood (Por Leo Santana e Rosendo Caetano) Pág 01

Dealhe – Royal Straight Flush and blood (Por Leo Santana e Rosendo Caetano) Pág 01

Depois de quase um mês de “descanso sabático” com uma CCXP no meio, estamos voltando a nossa publicação de hqs online semanalmente (1 página por semana).

Nessa nova e curta hq de faroeste falamos sobre as probabilidade do poker, da vida e da morte, durante um tiroteio em um sallon.

Com roteiro meu e arte espetacular de  Rosendo Caetano, esta hq foi intitulada de “Royal Straight Flush and blood”. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

 

O meu resumo da CCXP TOUR NORDESTE

A primeira edição da CCXP TOUR Nordeste aconteceu aqui em Pernambuco entre os dias 13 e 16 de abril e foi uma experiência – como o próprio slogan menciona – épica! Eu nunca havia participado de nenhum evento de quadrinhos como expositor antes e, se não fosse o meu amigo Carlos Eduardo Cunha, eu talvez nem tivesse participado desta. Foi ele quem me cutucou querendo rachar uma mesa na Artist’s Alley e, por causa disto, eu vou ser eternamente grato a ele.

Graças e ele eu pude encontrar e conhecer pessoalmente grandes amigos e ídolos dos quadrinhos nacionais, rever outros e entender melhor qual o nosso papel e o de nosso trabalho nesta grande máquina cultural e de entertenimento. Demos boas gargalhadas, estreitamos laços com várias pessoas e exercitamos o nosso lado comunicativo.

Mas, o melhor de tudo, foi poder me animar novamente com a produção de um material cada vez mais profisional e artístico.

Ficamos do lado de Daniel Brandão e Júlia Pinto pela direita e de André Balaio e Téo Pinheiro pela esquerda. E não podia ter sido melhor. Uma galera da maior qualidade, alto astral e diversão! Tivemos altas conversas e brincamos muito!

Agora, um top 3 funny things do que eu aprendi na CCXP.

1. O Print é DEUS!
2. Só o ventilador salva de verdade na Artist Alley.
3. É preciso uma grande força de vontade para não gastar todo o dinheiro das vendas de revistas com…mais revistas!

E, agora, algumas imagens destes 4 dias épicos!

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 22 – Conclusão)

detalhe - F.DP. - SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) - 22

detalhe – F.DP. – SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) – 22

E chegamos a conclusão de mais uma hq On Line. Vemos os últimos acertos sendo feitos pelo F.D.P. e um pouco mais de sua filosofia, caráter e personalidade. Esperamos que tenham gostado.

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq foi intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 21)

detalhe - F.DP. - SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) - 21

detalhe – F.DP. – SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) – 21

 F.D.P. consegue contornar a situação de uma forma politicamente incorreta mas ele está pouco se fudendo para isto! Mas ainda existem algumas pontas soltas a serem fechadas e ele vai precisar de mais uma dose de malandragem para sair de mais esta.

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq, intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”, é atualizada semanalmente. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 20)

detalhe-f-dp-se-nao-morrer-ninguem-nao-e-noticia-por-leo-santana-e-jose-henrique-20

Detalhe – F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 20)

Parece que é o fim!  O assaltante de banco descobre que tem poderes paranormais e em sua euforia com os poderes recém descobertos, parece não ter limites. Como será que o  F.D.P. ou quem quer que seja conseguirá impedir a escalada de loucura e destruição do poderoso bandido?

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq, intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”, é atualizada semanalmente. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 19)

detalhe-f-dp-se-nao-morrer-ninguem-nao-e-noticia-por-leo-santana-e-jose-henrique-19

Detalhe – F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 19)

Com o  F.D.P. fora da jogada, a situação perde totalmente o controle e, agora, todos estão contra todos e não há mais escapatória para ninguém.

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq, intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”, é atualizada semanalmente. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 18)

detalhe-f-dp-se-nao-morrer-ninguem-nao-e-noticia-por-leo-santana-e-jose-henrique-18

detalhe – F.DP. – SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) – 18

O que já parecia uma complicada situação de assalto a banco com reféns se torna uma ainda mais complexa cacofonia de violência com pitadas paranormais na qual o F.D.P. está envolvido até o pescoço.

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq, intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”, é atualizada semanalmente. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.