Alguns comentários sobre a Lei de reserva para quadrinhos nacionais


Meus comentarios publicados no site de Paulo Ramos

1. As editoras podem até publicar porcaria para manter a cota mas a pergunta é: pra quê estimular o próprio prejuízo só para ficar dentro dessa meta?
2. Não é melhor atingir a cota com material que tenha possibilidade de gerar retorno.
3. A lei seria um incentivo inicial para o mercado ser criado. acho engraçado falar que hoje temos mercado nacional quando poucos artistas (percentualmente) é que são publicados. Mercado é quando temos ROTEIRISTAS, DESENHISTAS, ARTE-FINALISTAS, LETRISTAS E COLORISTAS RECEBENDO DECENTEMENTE POR SEUS TRABALHOS. Enquanto não tivermos isso,não temos mercado. Temos autores sorteados.
4. Hoje a situação é muito cômoda para as editoras. Não existe pesquisa de mercado, marketing, publicidade, criação de nichos, investimentos de nenhum tipo. Elas estão publicando (na maioria das vezes) quadrinhos nacionais com dinheiro de PROACs e afins. Isso não é mercado: é um atalho. a editora não está ganhando para vender mas para imprimir e distribuir.

Meus comentários publicado na lista do 4 Mundo:

Concordo que tem muita coisa nacional legal sendo publicada pelas editoras mas fomentar é mais do que ser publicado. Fomentar é garantir que você vai receber sua grana pelo trabalho feito. É incentivar através de contrato e não através de participação nas vendas.

É não ter que colocar dinheiro do próprio bolso para imprimir uma tiragem e passar anos para (com alguma sorte) conseguir vendê-la toda.

Sou totalmente a favor do artista arregaçar as mangas e partir para a luta em busca do seu lugar ao sol. Mas a verdade é que o risco da coisa tem que ser das editoras, não dos artistas. As editoras nacionais se tornaram preguiçosas. Não existe pesquisa de mercado, marketing, publicidade, porra nenhuma. Existe alguém fazer o seu próprio caminho e depois que ele está rendendo lucros, ser captado por alguma editora “caça-níqueis”.

Existem exceções, é óbvio. E Sidney Gusman é uma delas. Mas o resto vem comendo os intestinos ods artistas por gerações. Nunca sofri isso mas quem aqui nunca levou um calote de alguma editora?

Enquanto uns reclamam de cotas, outros mais inteligentes estão publicando com a ajuda do governo trabalhos muito legais. Então, o que eu acho é: deixem de ter pena das editoras! Nós fomos (ainda estamos sendo) ferrados por elas a gerações. Deixem que ele fiquem com a dor de cabeça de descobrir como fazer a coisa funcionar.

Se a coisa ficar ruim mesmo, nós sempre podemos voltar à publicar de forma independente como estamos fazendo agora.

Nós temos que nos focar em fazer aquilo que melhor sabemos fazer: Escrever e desenhar.

Esse é outro problema de hoje em dia: falta de tranparência.

Nos EUA todo mês sai uma lista da tiragem das revistas e quantas foram vendidas.

Aqui no Brasil a gente sequer sabe a tiragem das editoras.

Na minha opinião, 99% dos artistas do Quarto Mundo estão fazendo quadrinhos com temática nacional pela simples razão de que nós já percebemos que esse é o nosso nicho.

E para o resto que não trabalha nessas temáticas (Super-heróis por exemplo), existirão outras formas de publicação.

E, por fim, a cota vai ajudar também esses artistas pois as editoras é que vão decidir o que vão publicar e , se tiver alguma qualidade, eles vão querer que aqueles heróis estejam no seu portfólio.

A grande chance oferecida por essa lei é a de, ao obrigar as editoras a adquirirem quadrinhos nacionais, nós possamos nos esforçar para oferecer o trabalho de qualidade que nós reclamamos produzir. Assim sendo, não há o que temer: Eles precisam de quadrinhos e nós temos quadrinhos de qualidade. É por aí que temos que investir e procurar as oportunidades que irão surgir.

Conselho: começem a elaborar seus projetos para apresentarem quando as portas se abrirem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s