A menina que roubava livros e o meu saco cheio


O primeiro livro que peguei em quase 7 anos que passei lendo praticamente livros técnicos foi A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS, de Markus Zusak. É uma sensação estranha ler sem culpas do tipo: “oh, diabos! Eu deveria estar estudando Tópicos Avançados de Engenharia de Software!”. Mas cedo ou mais tarde vou me livrar dela.

Quanto ao livro, ele é muito interessante. Tanto na forma de escrever/contar onde Markus Zusak utiliza-se da MORTE como narradora da história quanto na história em si que narra a vida sofrida de uma garota adotada por alemães durante a segunda guerra mundial.

Só aguentei ler até a página 56

Por quê? Por que eu não aguento mais histórias de sofrimento durante a segunda guerra mundial. Porra! Eu já saquei! A segunda guerra foi foda! Todo mundo se fudeu! E já vi uma centena de obras tratando do assunto passando de MAUS (Essa sim, excelente!) até a lista de Schillinder (Sei lá como se escreve e nãoquero “googlear’).

Não sei. Talvez eu esteja sendo duro demais ou talvez só não estou no clima de ler esse tipo de livro nesse momento. O fato é meu saco já encheu e devo começar a procurar outro livro para lerem seguida.

Anúncios

Um comentário sobre “A menina que roubava livros e o meu saco cheio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s