Nova tira de Ghost Writer. Ghost Writer e a Internet

Toda quinta-feira uma nova tira do Ghost Writer saída do forno. Dessa vez, novo roteirista-fantasma de histórias em quadrinhos nos fala das vantagens da internet para o seu trabalho.

Se você gostou, colabore: Faça uma Doação clicando nos botões aí do lado (PAYPAL ou PAGSEGURO).

Participe você também da na campanha “Ajude um quadrinista honesto a continuar produzindo seu trabalho.” 😉

Diversificando ações: Publicando de graça e solicitando doações

Olá Pessoal,

Roteirista de histórias em quadrinhos Brasileiro que não tem a sorte de cair nas graças de alguma editora (E mesmo muitos que tem) sofre para ver seus roteiros desenhados, sofre para publicá-los e sofre por que quase nunca recebe por seus trabalhos.

Pensando nisso, estou diversificando minhas ações testando novas possibilidades de produção, publicação e remuneração. Para quem vive no meio independente, uma forma de tentar recuperar seus investimento é através dos exemplares impressos que são vendidos. é óbvio que isso não funciona por que há muito encalhe e as edições demoram anos para serem vendidas. Mas serve como uma forma de  divulgar seus trabalhos e a venda, querendo ou não faz algum dinheiro (Mesmo que seja pouco) entrar de vez em quando.

Outra forma de ser remunerado é tendo seu trabalho agraciado por uma editora (Nacional ou estrangeira). mas para isso, o trabalho tem que ser bem feito, bem produzido. Não adianta só um roteiro legal. Tem que ter o pacote todo: desenho, cores e, se possível, tradução para o inglês.

Pensando nisso, eu tomei uma decisão radical (Radical para mim mas que muita gente já vem fazendo há algum tempo): vou publicar semanalmente uma página de uma hq totalmente de graça.

Bem, de graça para o leitor. Para mim ela vai ter um custo. Nesta primeira hq eu ainda não vou ter custos. Mas já comecei a produzir a hq que vai entrar após esta e ela está tendo um custo. Mas vai valer a pena se o produto final for apreciado pelos leitores (E quem sabe uma editora, hehehe).

Por isso tudo, eu estou solicitando às pessoas que estiverem acompanhando as hqs e gostarem de algo, que por favor façam uma DOAÇÃO. Qualquer valor é bem-vindo e vai ajudar a minimar meus custos e incentivar a continuar a produzir um material de qualidade.

A primeira hq a ser publicada vai ser a continuação da celebrada série F.D.P.

Quatro anos após a publicação da primeira edição, todos poderão acompanhar novamente as desventuras de Fernando Drummond Pessoa, o jornalista alcóolatra, azarado e sacana envolvido, desta vez, entre uma batalha entre anjos e demônios.

A edição foi desenhada por uma série de artistas talentosos como Daniel Brandão, Carlos Brandino, Téo Pinheiro, Milson Marins, Luciano Félix, Allan Goldman, Sandro Marcelo, Frank Delmindo, Will, Arnaldo Luiz, Fabiano Godoi, Rodrigo Nery, Tito Camello,  Carlus Alexandre, Rosendo Caetano, Rom Freire, Abc e Vinicius Posteraro.

Então é isso, pessoal. A partir da próxima semana e em todas as outras, uma nova página de hq e, quem gostar, faz uma DOAÇÃO, ok? basta usar os botões do PAYPAL ou do PAGSEGURO acima. Ajude um quadrinista honesto a continuar produzindo seu trabalho. Toda ajuda é bem-vinda, não importa o tamanho. 😉

Agora, uma prévia da capa da edição desenhada por Daniel Brandão

 

 

Nova amostra dAs Novas Amazonas por Allan Goldman

Esta semana Allan Goldman, desenhista cearense que já publicou histórias do Superman e Liga da Justiça, liberou mais um quadrinho do trabalho que estamos produzindo dAs Novas Amazonas: Mais forte que a vida, maior que a própria morte. Uma história de amor, músculos retesados e membros esquartejados.

Essa hq deve sair no álbum do coletivo 4Mundo que ainda não tem data de previsão para lançamento.

Prévias de hqs para o Recife Assombrado

O Recife Assombrado é um projeto do Jornalista Roberto Beltrão e de André Balaio que já foi um site, livros, gerou peças de teatro e,até mesmo, passeios pelos pontos turísiticos sobrenaturais de nosso estado. A principal razão de ser do projeto é o de resgatar a cultura e o folclore histórico e sobrenatural de Recife. E, nesse sentido, nossa cidade é muito rica. É o papa-figo, lobisomen, morto-vivo, alma penada, perna cabeluda, a galega de santo amaro e toda a sorte de criaturas que habitam o imaginário dos Pernambucanos.

E eu fui um dos encarregados em produzir roteiros para o site que deverá estrear no segundo semestre trazendo novas perspectivas dessas lendas urbanas em forma de histórias em quadrinhos. Já escrevi em torno de cinco roteiros todos em produção e alguns até já concluídos. Dentre os quais, dois que apresento novas prévias abaixo.

O Tesouro da Judia, baseado na lenda de Branca Dias. Desenhos de Téo Pinheiro.

 

Como matar um fantasma. Uma história de vingança após a morte. Desenhos de Milson Marins.

 

Aguardem maiores novidades em breve.

As Novas Amazonas em 3 versões: Ricardo Anderson, Luciano Oliveira e Allan Goldman

Enquanto eu não termino meu novo roteiro de terror sobre o CANHAMBORA, outros trabalhos são concluídos e outros estão em produção.

Hoje apresento 3 páginas de 3 hqs da mesma série desenhada por 3 desenhistas diferentes. A série é AS NOVAS AMAZONAS e os artistas são RICARDO ANDERSON (Que é o co-criador das personagens e quem desenhou a primeira hq delas), LUCIANO OLIVEIRA (um grande amigo e parceiro que já produziu duas hqs minhas mas que ainda não foram publicadas) e ALLAN GOLDMAN (Grande desenhista Cerarense que já desenhou SUPERMAN e LIGA DA JUSTIÇA para a DC COMICS).

A primeira página foi publicada na revista A MOSCA NO COPO DE VIDRO E OUTRAS HISTÓRIAS e foi republicada na revista SPACE OPERA 2.

Página da hq HOMEM BOM É HOMEM MORTO, desenho por RICARDO ANDERSON

A segunda página estava programada para ser publicada na SPACE OPERA 3 (Que se encontra suspensa temporariamente).

Página da hq ANTIGAS HISTÓRIAS, desenhada por LUCIANO OLIVEIRA.

A terceira página está programa para sair num álbum do coletivo QUARTO MUNDO sem data de previsão de lançamento.

Detalhe de página da hq MAIS INTENSO QUE A VIDA, MAIOR QUE A PRÓPRIA MORTE…, desenhada por ALLAN GOLDMAN.

 

A SEGUIR, UMA APRESENTAÇÃO ESPECIAL DAS NOVAS AMAZONAS PARA O ÁLBUM 4 MUNDO

Esse texto foi escrito para servir como apresentação da HQ dentro do álbum do 4mundo. Uma forma de contextualizar o leitor da série e de seus personagens.

 

O fim do mundo chegou.

Mas não foram as guerras nucleares e nem invasões alienígenas que levaram o mundo como conhecemos ao seu apocalipse. Foi o próprio homem que destruiu a Terra com sua desenfreada agressão ao planeta. Poluição, destruição da camada de ozônio, aquecimento global, desmatamento predatório. Essas ações criaram um dilema mortal: Ou o homem iria destruir por completo a Terra ou a Terra teria que destruir o homem para se proteger. E foi isso o que aconteceu.

Com um pequeno chacoalhar de ombros, a Terra resolveu revidar e terremotos, tsunamis, furacões e diversas outras catástrofes climáticas reduziram a civilização humana há um patético grupo de semi-selvagens lutando por territórios, comida e água potável.

É nesse mundo apocalíptico, onde cerca de 80% da população humana deixou de existir, que um grupo de mulheres guerreiras auto-intituladas de AS NOVAS AMAZONAS, percorre um país outrora conhecido como BRASIL em busca de uma cidade mítica chamada GAIA é governada por e para as mulheres.

AS NOVAS AMAZONAS são compostas por HELENA, sua líder, JASMIM, LOLITA, ATHENA, ZOÉ e ISOLDA e foram criadas por LEONARDO SANTANA e RICARDO ANDERSON. Sua primeira aventura foi publicada na revista A MOSCA NO COPO DE VIDRO E OUTRAS HISTÓRIAS e republicada,recentemente, na revista SPACE OPERA 2.

A história que vocês vão ler a seguir, é focada em duas das NOVAS AMAZONAS: ISOLDA, uma gigante loira que carrega um machado destruidor e ZOÉ, uma arqueira com grande inteligência e um coração maior ainda. Nela, as duas guerreiras que saíram para procurar mantimentos, foram separadas por uma gangue de selvagens que logo irão descobrir que o sentimento que ISOLDA nutre por ZOÉ é forte demais para conseguir mantê-las separadas uma da outra.