Memórias do Mestre do Mal: Visual definido e esboço da primeira página


Em dezembro eu pedi ajuda para alguns amigos para definir o visual do personagem principal da minha série Memórias do Mestre do Mal. Prontamente, alguns amigos começaram a brincar com a ideia e foram mandando várias ilustrações conceituais do personagem. E, embora eu tenha definido algumas linhas gerais para guiar os desenhistas, um deles, o ALEX BARROS, surgiu com uma proposta totalmente diferente mas que acabou por me conquistar.

A versão que vou apresentar aqui ainda vai apresentar algumas pequenas modificações da versão final do personagem mas já serve para vocês terem uma ideia da concepção visual do Mestre do Mal.

Mestre do Mal por Alex Barros Versão  2

Mestre do Mal por Alex Barros Versão 2

Memórias do Mestre do Mal conta a história de um vilão com o poder de regeneração que conquistou o mundo no futuro e que está escrevendo suas memórias. Memórias estas que são apresentadas ao leitor de forma fragmentada e, muitas vezes, por outras fontes que não o próprio Mestre do Mal.

Abaixo, a primeira página da hq inicial intitulada “THE BEGINNING OF THE END” (O início do fim). Um detalhe importante a comentar é que a história foi pensada para o mercado exterior. Portanto, ela se passa nos Estados Unidos e os personagens são americanos.

THE BEGINNING OF THE END (Por Leo Santana e Alex Barros) Pág 01, lápis

THE BEGINNING OF THE END (Por Leo Santana e Alex Barros) Pág 01, lápis

Abaixo, outras versões dos Mestre do Mal que foram feitas por outros amigos. Agradeço a todos que participaram tão prontamente. Valeu mesmo!

Mestre do Mal - Rosto - Luke Oliver -

Mestre do Mal – Rosto – Luke Oliver 

Mestre do Mal - Luke Oliver

Mestre do Mal – Luke Oliver

Mestre do Mal por Carlos Brandino

Mestre do Mal por Carlos Brandino

Mestre do Mal por Mauricio dos Santos

Mestre do Mal por Mauricio dos Santos

Anúncios

4 comentários sobre “Memórias do Mestre do Mal: Visual definido e esboço da primeira página

  1. Cara, não tem nada de mais fazer personagens americanos no pais deles. Os italianos não fazem filmes e quadrinhos de westerns com caubóis americano? Então…
    E este visual ficou muito show, meus parabens ao Alex Barros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s