A história do/no Brasil em duas abordagens completamente diferentes


Atualmente estou escrevendo um roteiro sobre a invasão holandesa em Pernambuco, que aconteceu no ano de 1630. Debruçando-me sobre o assunto, fiquei maravilhado com a incrível aventura (digna de um filme de Hollywood) sobre a luta esganiçada que aconteceu aqui no Nordeste entre Pernambucanos e Holandeses: Uma luta cheia de reviravoltas, personagens fortes e muita, muita ação.

Minha intenção é escrever um roteiro com cerca de 60 páginas (já estou na 34) e tentar me juntar (ou sub-contratar) a um ilustrador Pernambucano para depois, quem sabe, correr atrás de uma editora ou lei de incentivo cultural para produzir o material. A intenção de usar um ilustrador Pernambucano é, a princípio, para podermos nos encontrar e trocar mais informações “in loco” nas locações onde as batalhas realmente aconteceram.

O nome deste projeto é: “PERNAMBUCO HOLANDÊS PARTE 1 – A QUEDA DE OLINDA”

Há alguns meses atrás, surgiu uma possibilidade de interesse de uma editora e eu corri para encontrar um ilustrador para apresentar ao menos as primeiras páginas e consegui do amigo e parceiro Mauro Barbieri algumas amostras. Infelizmente a proposta não foi totalmente aceita e, atualmente, encontra-se em análise de viabilidade por parte da editora.

Neste roteiro estou focando na queda de Olinda e Recife nas mãos dos Holandeses. Minha intenção é, se houver aceitação, apresentar mais dois projetos: A resistência Pernambucana durante o domínio holandês e a Batalha dos Guararapes que expulsou os invasores de Pernambuco.

Curiosamente, há mais ou menos 10 anos atrás, eu tive uma ideia de fazer um outro roteiro que também se passava no litoral Brasileiro no século XVII. Porém, a abordagem desta outra aventura tinha uma conotação um pouco mais…como direi…sexual! Tratavasse de uma aventura de uma donzela em perigo recheada com muito sexo explícito e humor.

O título da série era “As aventuras Amorosas de Josefina”.

Este trabalho chegou a ser iniciado e duas páginas foram produzidas pelo grande Allan Goldman (Além de outras rascunhadas) mas por diversas razões o projeto acabou perdendo força e diminuindo o interesse por ambas as partes (minha e dele). Eu acabei perdendo o roteiro e a única cópia que sobrou foi uma versão impressa que o Allan  imprimiu. Em algum momento nestes últimos 10 anos solicitei esta cópia e ele me enviou e, desde então, ela tem estado guardada em meus arquivos.

Aconteceu que me deu vontade de retomar esta ideia maluca. Ora, os Europeus fazem isto o tempo todo. Senão, vejamos: Pichard, Crepax, Serpieri, Manara, etc.

Estou reescrevendo e adaptando a série e até a rebatizei para “AS AVENTURAS ÍNTIMAS DE JOSEFINA”. A ideia agora é transformar o sexo de explícito (hardcore) para simulado (softcore). Não sei se vai funcionar mas como venho trabalhando ultimamente sem a pretensão de ganhar dinheiro ou fazer sucesso, decidi que o melhor é estar fazendo o que me diverte. E estou me divertindo um bocado com tudo isto.

Infelizmente, meu trabalho real, no Tribunal de Justiça, tem me tomado muito de meu tempo e de minha força. Tenho chegado em casa exausto e sem disposição para quase nada. decididamente não para me jogar no que eu gosto mais de fazer: escrever. Mas espero retomar meu ritmo normal em breve.

Por enquanto, fiquem com amostras passadas destes dos dois projetos que não foram aproveitadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s