F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 22 – Conclusão)

detalhe - F.DP. - SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) - 22

detalhe – F.DP. – SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) – 22

E chegamos a conclusão de mais uma hq On Line. Vemos os últimos acertos sendo feitos pelo F.D.P. e um pouco mais de sua filosofia, caráter e personalidade. Esperamos que tenham gostado.

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq foi intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 21)

detalhe - F.DP. - SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) - 21

detalhe – F.DP. – SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) – 21

 F.D.P. consegue contornar a situação de uma forma politicamente incorreta mas ele está pouco se fudendo para isto! Mas ainda existem algumas pontas soltas a serem fechadas e ele vai precisar de mais uma dose de malandragem para sair de mais esta.

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq, intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”, é atualizada semanalmente. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 20)

detalhe-f-dp-se-nao-morrer-ninguem-nao-e-noticia-por-leo-santana-e-jose-henrique-20

Detalhe – F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 20)

Parece que é o fim!  O assaltante de banco descobre que tem poderes paranormais e em sua euforia com os poderes recém descobertos, parece não ter limites. Como será que o  F.D.P. ou quem quer que seja conseguirá impedir a escalada de loucura e destruição do poderoso bandido?

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq, intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”, é atualizada semanalmente. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.