E o Ilustra Plaza foi massa!

Chamada site - ilustra plazaEste final de semana que passou aconteceu o Ilustra Plaza, um evento que reuniu 22 quadrinistas de Recife e arredores para expor seus trabalhos no Shopping Plaza Casa Forte. E, por mais incrível que possa parecer, o evento foi considerado pelos artistas melhor do que a CCXP Tour Nordeste no que se refere a vendas e exposição de seus trabalhos.

E eu concordo com este ponto de vista.

E, uma coisa que muito me chamou a atenção foi o grande número de pessoas que, apesar de não serem colecionadores de quadrinhos ou compradores regulares, se interessaram pelo material exposto e adquiriram os produtos expostos.

Ou seja, livraria e banca de revista é muito bom mas se você levar as revistas até o público, até a praça, eles vão comprar!

Em relação a organização e apoio o Plaza e a Arcos Propaganda estão de parabéns! Os artistas foram tratados com uma atenção e um profissionalismo que é raro de se ver e a infraestrutura montada estava linda e altamente funcional. Tudo saiu perfeito!

Parece que Recife voltou a descobrir o valor e a importância de seus artistas de quadrinhos e eu espero, sinceramente, que outros eventos similares voltem a acontecer. O público que compareceu em peso mostrou que há um mercado para os nossos trabalhos e os nossos artistas. Basta saberem aproveitar esta oportunidade.

Além disto tudo, o evento também foi ainda melhor para que nós, artistas Pernambucanos, estreitemos nossos laços culturais e afetivos. Foi muito bom rever amigos de longa data (como Carlos Eduardo Cunha, Eduardo Schloesser, Milson Marins, Marcos Lopes, Roberto beltrão, Teo Pinheiro, André Balaio, Luciano Félix, José Carlos Braga, Arnaldo e Ary Santa Cruz) e poder conversar e conhecer um pouco mais os novos amigos (Como Silvio DB, Thony Silas, Eron Villar, Laerte Silvino, Roger Vieira, Erika Ferreira, Felipe Soares, Clari Cabral, Glaydson Gomes, Roberta Cirne, Igor Tadeu e Lorde Jimmy).

Para ver as fotos que tirei do evento, clique aqui.

***

Para apoiar este trabalho, clique neste link ou no banner abaixo.

banner do apoie-se

 

Anúncios

Leia a primeira hq do F.D.P. Aqui

Fernando Drummond Pessoa é um jornalista sem-vergonha, mau caráter e oportunista e, por isso, é mais conhecido como F.D.P.; Na sua aventura de estreia, o F.D.P. se vê envolvido entre o pagamento de uma dívida a um bicheiro e um assalto a um banco por um paranormal descontrolado.

Com Roteiro de Leonardo Santana, arte de José Henrique e cores de Teo Pinheiro, a hq intitulada “Se não morrer ninguém não é notícia” é aventura e humor do começo ao fim.

Para ler a hq, clique aqui.

capaFDP_800x600

Para acompanhar as novidades a respeito do F.D.P., curta a nossa página no facebook: https://www.facebook.com/FDPHQ-452120935122372/

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 22 – Conclusão)

detalhe - F.DP. - SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) - 22

detalhe – F.DP. – SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) – 22

E chegamos a conclusão de mais uma hq On Line. Vemos os últimos acertos sendo feitos pelo F.D.P. e um pouco mais de sua filosofia, caráter e personalidade. Esperamos que tenham gostado.

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq foi intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 21)

detalhe - F.DP. - SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) - 21

detalhe – F.DP. – SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) – 21

 F.D.P. consegue contornar a situação de uma forma politicamente incorreta mas ele está pouco se fudendo para isto! Mas ainda existem algumas pontas soltas a serem fechadas e ele vai precisar de mais uma dose de malandragem para sair de mais esta.

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq, intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”, é atualizada semanalmente. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 20)

detalhe-f-dp-se-nao-morrer-ninguem-nao-e-noticia-por-leo-santana-e-jose-henrique-20

Detalhe – F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 20)

Parece que é o fim!  O assaltante de banco descobre que tem poderes paranormais e em sua euforia com os poderes recém descobertos, parece não ter limites. Como será que o  F.D.P. ou quem quer que seja conseguirá impedir a escalada de loucura e destruição do poderoso bandido?

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq, intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”, é atualizada semanalmente. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 19)

detalhe-f-dp-se-nao-morrer-ninguem-nao-e-noticia-por-leo-santana-e-jose-henrique-19

Detalhe – F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 19)

Com o  F.D.P. fora da jogada, a situação perde totalmente o controle e, agora, todos estão contra todos e não há mais escapatória para ninguém.

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq, intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”, é atualizada semanalmente. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.

F.D.P. – Se não morrer ninguém não é notícia (Página 18)

detalhe-f-dp-se-nao-morrer-ninguem-nao-e-noticia-por-leo-santana-e-jose-henrique-18

detalhe – F.DP. – SE NÃO MORRER NINGUÉM NÃO É NOTÍCIA (Por Leo Santana e José Henrique) – 18

O que já parecia uma complicada situação de assalto a banco com reféns se torna uma ainda mais complexa cacofonia de violência com pitadas paranormais na qual o F.D.P. está envolvido até o pescoço.

Com roteiro meu e arte de José Henrique, esta hq, intitulada de “Se não morrer ninguém não é notícia”, é atualizada semanalmente. Para lê-la, clique aqui. Por favor, comentem.

Para ler outras hqs do F.D.P. publicadas clique no títulos das histórias: Vícios e virtudes, A morte do homem-extraordinário

Quer saber mais sobre o F.D.P.? Clique aqui. E veja a galeria com o personagem aqui. Se quiser, mande uma ilustração para a gente postar na galeria.